A   B   C   D   E   F   G   H   I   J   K   L   M   N   O   P   Q   R   S   T   U   V   W   X   Y   Z 

 
  In├â┬¡cio >> Casas/Povos >> Hobbits >> Fallohides
 
 
Fallohides


É uma das três raças de Hobbits existentes, a par dos Harfoots e Stoors. É o ramo menos numeroso dos Hobbits e habitavam, na sua origem, nas zonas nortenhas da Terra Média. Entraram em Eriador em 1150 da 3ªEra, tendo-se misturado com os restantes Hobbits no fim da 3ªEra.
Na sua aparência, os Fallohides eram mais altos e magros que os restantes Hobbits, com a pele e o cabelo claros. Os Fallohides não deixavam crescer a barba. A sua cultura era mais aberta a influências exteriores do que a dos Stoors e a dos Harfoots e eram mais amistosos com as outras raças da Terra Média, especialmente com os Elfos. Talvez por esta razão eram mais talentosos, tanto na fala como no canto. Enquanto os outros Hobbits eram de natureza rústica e pastoril, os Fallohides tinham uma forte tradição na caça, daí serem mais curiosos e aventureiros que os seus parentes, embora fossem menos dotados nas artes agrícolas.

A História dos Fallohides
Os Fallohides parecem ter vivido, originariamente, nas zonas altas do Rio Anduin, na região onde o Greylin e o Langwell correm para o Grande Rio. É provável que, nesta altura, tenham convivido com os antepassados dos Rohirrim, já que este povo habitava esta zona, e talvez resida neste facto a existência da lenda da “hobbytlan”, em Rohan.
No fim do primeiro milénio da 3ªEra, seres malignos começaram a invadir o Leste da Terra Média e muitos povos, incluindo os Hobbits, começaram a viajar para Oeste, através das Montanhas Nebulosas. Os primeiros Hobbits a entrar em Eriador foram os Harfoots. Os Fallohides abandonaram os seus lares a Norte por volta de 1150 (3ªEra) e atravessaram as Montanhas dirigindo-se para Norte de Rivendell, para a nascente do Rio Hoarwell. Viajaram lentamente, descendo o curso do Hoarwell, atravessando a parte ocidental de Eriador. Estabeleceram-se, então, na região circundante a Bree, em 1300 (3ªEra), onde se tornaram líderes naturais dos restantes Hobbits devido ao seu carácter intrépido e aventureiro. Terá sido nesta altura que os três ramos dos Hobbits se misturaram.
Trezentos anos depois, no ano 1601 da 3ªEra, dois irmãos Fallohide, Marcho e Blanco, viajaram novamente para Ocidente, com os seus seguidores, atravessando a ponte que mais tarde veio a ser conhecida pela Ponte do Brandevinho. Estabeleceram-se na terra desabitada que aí encontraram e o Rei Argeleb II de Arthedain, concedeu-lhes essas terras, já que se encontravam no seu reino. Foi esta terra que ficou a ser conhecida como o Shire.
Com a passagem dos séculos, os três ramos distintos dos Hobbits tenderam a desaparecer, ficando definitivamente fundidos. Contudo, há em algumas famílias marcas mais fortes do temperamento dos Fallohides e da sua impetuosidade, é o caso da família dos Tooks e dos Brandybucks, que se destacaram no tempo da Guerra do Anel.

 

P?gina carregada em 2.318 segundos